quinta-feira, 15 de julho de 2010

Influencie!

Hoje eu queria registrar uma situação que aconteceu no domingo e que me fez refletir sobre sermos observados e sermos influência. Acredito que uma coisa esteja ligada a outra.

No domingo eu estava na igreja e antes do culto começar duas meninas, a Isabela e a Luiza,  me chamaram e pediram para eu sentar do lado delas durante o culto, até elas irem para o cultinho infantil. Então, eu fui e me sentei ao lado delas.

Quando chegou no momento do Louvor, me levantei e fui lá pra frente para louvarmos. Começamos cantando um louvor que dizia "Encha a minha vida" e então eu comecei a pedir à Deus para me encher com a Presença dEle. Conforme eu orava por isso, eu fazia gestos com as mãos em adoração.

Minha surpresa foi quando eu abri os olhos e percebi que cada gesto que eu estava fazendo, aquelas menininhas faziam também e quando eu orava, elas oravam e em um certo momento, que pra mim foi o mais emocionante, elas se ajoelharam e levantaram as mãos para o resto da igreja e começaram a orar. Para mim, isso foi muito lindo, ver crianças adorando à Deus.
 
Ao chegar em casa, contei a situação pra minha mãe e ela falou algo que é verdade: Nós somos influência para as crianças. E nós podemos influenciar positivamente ou negativamente. Lembro de uma vez ter visto uma mãe ensinando a filha a dançar uma música de funk famosa. Foi triste ver uma criança fazendo aqueles gestos com as mãos sem nem saber o que significavam.


As crianças seguem os nossos exemplos. Às vezes, gestos e atitudes falam mais que palavras. Seja uma influência boa para os pequeninos pois eles precisam de boas referências.

Toda Honra e toda Glória sejam dadas ao ÚNICO que é Digno... DEUS! :)

Até a próxima!

PS: Obrigada pela correção Mari! Você estava certa. Quando eu escrevi o texto, acabei apagando um parágrafo e o texto ficou sem sentido. rs

2 comentários:

Andressa ♥ disse...

Realmente Paulinha.
As crianças são mais espertas que imaginamos.
Estão sempre nos observando e quando somos referencial ela nos imitam, aprendem com a gente, mesmo sem o senso crítico do que estamos fazer.

Há um tempo vi na igreja uma menininha de uns 5 anos com as mãosinhas levantadas os olhos fechados bem apertados e repetindo palavras com a boca. Pensei: "que gracinha, tão petitinha". Aí observei que ela abriu um olhinho olhou pra mãe ao lado que estava justamente fazendo o que ela representava. Enfim, ela estava fazendo nada a não ser imitar a mãe, e talvez ainda não entenda o significado dos gestos dela, mas ela apreendeu com a mãe a adorar!
Mais ou menos assim as menininhas com você...


Beijosss

Cíntia Mara disse...

Que gracinha!!! A crianças da minha igreja também fazem isso, hehe. Tem umas que ficam dançando durante o louvor, imitando os gestos do grupo de coreografia.

Temos que prestar atenção em nosso comportamento o tempo inteiro. Uma vez eu brinquei com uma menina, na época ela tinha uns 4 anos, que ia levá-la pra minha casa e a mãe dela nem ia perceber. Aí ela falou que não podia falar mentira e que só ia comigo se a mãe deixasse. Morri de vergonha, rsrs.

Beijos